quinta-feira, 9 de abril de 2015

Conheça Aracoiaba - Ceará.


Pedra Aguda.

Histórico
Data de 1735 a primeira concessão de terras no Município de Aracoiaba. Domingos Simões Jordão, "cavalheiro professo na ordem de Cristo, capitão-mor da Capitania do Ceará Grande e Governador da Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção", despachando petição do capitão Pedro da Rocha Maciel, concedeu-lhe "três léguas de terras contínuas, principiando e confrontando tudo na forma do petição do suplicante, para ele e seus herdeiros ascendentes e descendentes com todas as suas águas, campos, matos, testados e logradouros que nelas houverem". 
Ficava a sesmaria de Pedro da Rocha Maciel "em um riacho que nasce na serra de Baturité e desagua no rio Choró", conhecido pelo nome de Aracoiaba. Era de esperar que as terras marginais do rio Aracoiaba viessem a ser ocupadas por lavradores, em razão das vantagens que proporcionavam em águas e fereza à agricultura, especialmente ao cultivo da cana-de-açúcar.
Assim é que foram, então, surgindo as primeiras moradias que formaram a pequena aldeia denominada "Canoa", onde, anos depois, o Ato provincial de 18 de agosto de 1871 a transformou em sede de distrito policial. 
Origem do topônimo: palavra indígena, (Paulino Nogueira baseado em Montoya) composta de ARÁ (ave), CÓI (falar) e ABA (lugar), significando ?lugar onde as aves gorjeiam?. A grafia antiga da palavra era ARACOAGUABA, cuja análise conduz isto é, ?ovos de periquitos?. Segundo Barão de Studart, ARA (ave), CÓI (falar) e ABA (lugar) significando ?lugar do canto das aves?. 

Gentílico: aracoiabense 

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Aracoiaba, pelo ato provincial de 18-08-1871 e lei provincial nº 1607, de 21-08-1874, subordinado ao município de Baturité.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Aracoiaba, pelo decreto lei estadual nº 44, de 16-08-1890.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, a vila é constituída de 2 distritos: Araçoiaba e Vazantes.
Pelo decreto-lei estadual nº 193, de 20-05-1931, a vila é extinta, sendo seu território anexado ao município de Baturité
Elevado à categoria de município com a denominação de Aracoiaba, pela lei estadual nº 1156, de 04-12-1933. Sob o mesmo decreto é criado o distrito de São Sebastião e anexado ao município de Aracoiaba. 
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 3 distritos: Aracoiaba, São Sebastião e Vazantes.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. 
Pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, é criado o distrito de Jurema com terras desmembradas dos distritos de São Sebastião e Vazantes e anexado ao município de Aracoiaba. 
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 4 distritos: Aracoiaba, Jurema, São Sebastião e Vazantes. 
Pelo decreto-lei estadual nº 1114, de 30-12-1943, o distrito de Jurema passou a denominar-se Ocara. Sob o mesmo decreto o distrito de São Sebastião a denominar-se Curupira.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 4 distritos: Aracoiaba, Curupira ex-São Sebastião, Ocara ex-Jurema e Vazantes.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Pela lei estadual nº 6832, de 06-12-1963, desmembra do município de Aracoiaba o distrito de Ocara. Elevado à categoria de município.
Pela lei estadual nº 6686, de 16-10-1963, desmembra do município de Aracoiaba o distrito de Vazantes. Elevado à categoria de município.
Pela lei estadual nº 6702, de 21-10-1963, é criado o distrito de Ideal e anexado ao município de Aracoiaba.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Aracoiaba, Curupira e Ideal.
Pela lei estadual nº 8339, de 14-12-1965, Aracoiaba adquiriu os extintos município de Ocara e Vazantes, foram criados e não instalado, figurando com simples distritos.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 5 distritos: Aracoiaba, Curupira, Ideal, Ocara e Vazantes.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 18-VIII-1988.
Pela lei estadual nº 11415, de 28-12-1987, desmembrado do município de Aracoiaba, os distritos de Ocara e Curupira. Para formar o novo município de Ocara.
Pela lei municipal nº 415, de 18-01-1990, é criado o distrito de Jaguarão e anexado ao município de Aracoiaba.
Pela lei municipal nº 410, de 18-01-1990, é criado o distrito de Jenipapeiro e anexado ao município de Aracoiaba.
Pela lei municipal nº 411, de 18-01-1990, é criado o distrito de Plácio Martins e anexado ao município de Aracoiaba.
Pela lei municipal nº 412, de 18-01-1990, é criado o distrito de Lagoa de São João e anexado ao município de Aracoiaba.
Pela lei municipal nº 413, de 18-01-1990, é criado o distrito de Pedra Branca e anexado ao município de Aracoiaba.
Pela lei municipal nº 414, de 18-01-1990, é criado o distrito de Nilton Belo e anexado ao município de Aracoiaba.
Em divisão territorial datada de 17-I-1991, o município constituído de 9 distritos: Aracoiaba, Ideal, Jaguarão, Jenipapeiro, Lagoa de São João, Nilton Belo, Pedra Branca, Plácio Martins e Vazantes.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.


Igreja Matriz quando capela 1914.


Inauguração da Prefeitura na década de 1970.


Inauguração da primeira rodoviária década de 1950.


Primeiro delegacia e um dos primeiras construções ainda no final do século XIX.


Primeira Estação Ferroviária inaugurada em 14. março de 1880.

 Primeira empresa de comunicações  - Telemar na década de 1970.


Praça 16 de agosto na década de 1980.


Praça 16 de agosto entre as décadas de 1960/1970.


Igreja Matriz e Praça 16 de agosto entre as décadas de 1960/1970.



Uma dos primeiros povoados de Aracoiaba - Arraial Santa Isabel, nome em homenagem a Princesa Isabel, provavelmente na décadas de 1950.



Escola Estadual de Ensino Médio Almir Pinto na década de 1960.



Serra da Tamanca.


Fonte: IBGE
Fotos: Arquivos pessoais de João Artur.  
Postar um comentário

HISTÓRIA DE PACOTI - CEARÁ

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...