terça-feira, 9 de julho de 2013

REVOLUÇÃO FRANCESA - SÉCULO XVIII


A Revolução Francesa é considerada a mãe das revoluções modernas. É um acontecimento que suscita a paixão pela mudança, estimulando debates e polêmicas. Não podia ser de outro modo: trata-se de um fato político da maior relevância para toda uma época. Também é reconhecida como o nascimento da democracia moderna, pois enquanto a sociedade do Antigo Regime se fundamentava na desigualdade entre os homens, surgiu pela primeira vez na história uma revolução que tinha como bandeira a igualdade, a soberania do povo, a liberdade, a ideia de Direitos do Homem. É a partir da Revolução Francesa que ocorre uma ruptura com o antigo regime, por isso, não e a toa que ela é considerada o marco de transição entre a Idade Moderna e a idade Contemporânea.
No Filme sobre a Revolução Francesa (You Tube - https://www.youtube.com/watch?v=xpiAQRqVZtQ) a revolução é mostrada como uma encruzilhada do mundo moderno, onde tudo se volta para uma direção diferente. Ou seja, a revolução deu as costas há uma sociedade feudal e aristocrática, e passou a veredar por outro caminho novo e violento rumo ao futuro.
A Revolução acordou o povo que estava cansado de ser massacrado pela família real e pelos nobres e clero que esbanjavam riqueza e prestigio. Somente os pobres pagaram impostos, enquanto a nobreza juntamente com a Igreja Católica tinha seus direitos assegurados. Os camponeses apenas trabalham para sustentar a luxúria desses grupos dominantes.
Na verdade a Revolução Francesa foi feita pelos camponeses apoiados pela burguesia. É claro que a burguesia tinha interesses nessa revolução, isso é tão provável que ocorre após os ardorosos conflitos.
Essa revolução não ficou somente na França, mas abalou toda a Europa do século XVIII e atravessaram os mares e influênciaram diversas revoluções pelo mundo.   
É fundamental chamarmos a atenção para um fato que ocorre no filme.  O casamento de Luís XV (depois Luís XVI) com Antonieta, de família nobre da Áustria; com intuito de unir esses dois reinos, visto que o casamento era dito como forma de unir e ganhar reinos naquele período. Mas, o que mais me chamou atenção desse fato foi que, enquanto no Palácio de Versalhes (símbolo de poder real) ocorria o casamento, do lado de fora do Palácio o povo clamava por pão, pois eram tempos difíceis e a fome assolava o povo que era mal governado e esquecido pelo rei. Isso fez surgir pequenas indignações que se tornaram terreno propício para o surgimento de grandes indignações.
Ao assumir o reino Francês Luís XV agora Luís XVI devido a morte de seu avô, quase levou a França a um colapse financeiro com a perda da Guerra dos Sete anos contra a Inglaterra, onde os cofres quase foram esvaziados e a França perdera o seu prestígio. E para agravar a situação o rei Luís XVI ajudou financeiramente na luta pela Independência americana, justamente contra seu inimigo eterno: a Inglaterra. 
Com a insatisfação popular e a crise financeira que se encontrava a França nesse período, motivaram a burguesia juntamente com as camadas populares a lutarem por uma França livre e liberta do julga das classes dominantes.
Com o preço elevado do pão, que era produto fundamental na mesa do francês fez com que as mulheres também engrossassem à revolução que, a cada dia crescia o número de adeptos.
Tudo isso misturado com as ideias iluministas propagadas pelos recantos da França, fizeram com que a revolução ganhasse mais efervescência e a queda da Bastilha fosse apenas um estopim para a derrubada de um sistema em crise.  Com a queda da bastilha era implantada definitivamente a Revolução Francesa com suas radicais mudanças e conquista entre elas o “Direito Entre Todos os Homens”, onde todo cidadão tinha seu direito assegurado. Com a prisão e execução do rei Luís XVI a França mergulhava em outro mundo, agora o da República.
Ainda hoje é possível ouvir os gritos que soam mundo afora, acordando os povos massacrados por regimes dominantes e totalitários que persistem em existir – “Somos a revolução”.

Concluo afirmando que, por onde houver tirania que se manifeste o clamor por justiça exigindo LIBERDADE, IGUALDADE, FRATERNIDADE e REVOLUÇÃO. 
Postar um comentário

HISTÓRIA DE PACOTI - CEARÁ

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...